4 maneiras de aumentar sua taxa de abertura de e-mails

Para que seus leitores cliquem em seus e-mails, eles precisam, primeiro, abrir o e-mail. Provavelmente você também é uma daquelas pessoas que possui dezenas, se não centenas de e-mails não lidos na caixa de entrada correto?

Provavelmente a maioria deles são e-mails automáticos de empresas que você se inscreveu ou algumas ofertas de varejistas online certo? Independente do e-mail, cada um desses exemplos são provas reais de pessoas que tentaram e não conseguiram me impactar com uma mensagem.

Com esse artigo, queremos que você melhore suas estratégias para chamar a atenção de seus leitores para ler suas mensagens. Por isso, preparamos algumas dicas.

4 maneiras de aumentar sua taxa de abertura de e-mails

1 – Dedique mais tempo ao título dos seus e-mails

Você provavelmente já escutou essa dica antes. Mas, o título continua sendo a parte mais importante de qualquer mensagem de e-mail marketing que você escrever. No geral, a primeira coisa que seus leitores vão olhar é o remetente do e-mail e logo em seguida o título.

Mas, apesar de ser uma boa prática tão divulgada, poucas são as pessoas que realmente dedicam o tempo necessário para criar algo impactante. A melhor forma de você melhorar seus títulos é criando uma lista com 10 possíveis opções para a sua mensagem.  Em seguida, selecione as 5 melhores. Leia novamente e fique com 3 opções. Pegue o feedback de outras pessoas para ter certeza que os títulos estão claros e passam a mensagem mais importante.

Em seguida, o melhor é você testar essas opções e ver qual delas performa melhor. Com o tempo você vai começar a entender o que funciona melhor com seus leitores.

2 – Crie uma biblioteca com boas referências

Provavelmente esse seja o melhor conselho que você vai receber desse artigo, e possivelmente também o mais simples.

Crie uma pasta ou biblioteca para armazenar as melhores referências que você receber de e-mail. Fique obcecado por ver o que as outras pessoas e seus concorrentes estão fazendo. Veja o título que eles estão utilizando, a forma que eles estruturam esses títulos e quais os call-to-actions que eles utilizam.

Tire algumas horas do seu dia para se cadastrar em algumas newsletter e crie uma rotina de diariamente tirar 30 minutos para dar uma olhada no que receber e analisar as boas práticas.

3 – Segmente sua lista de assinantes

Segmentar nada mais é que dividir a sua lista de assinantes de e-mails em categorias baseadas em algum interesse. Por exemplo, se você for uma varejista de moda você pode fazer uma segmentação de e-mail entre homens e mulheres dado que eles possuem interesses muito diferentes. Por outro lado, você pode optar por enviar uma mensagem apenas para seus usuários que estão parando de ler seus e-mails com uma oferta agressiva para tentar reengajá-los.

No limite, você criaria um e-mail personalizado para cada leitor, mas, enquanto você não chega lá, segmentações simples como as que enviamos acima já devem impactar bastante sua taxa de abertura.

Por exemplo, imagine novamente que você é um varejista de moda e vai enviar um e-mail com ofertas de vestidos para toda sua base de assinantes e vai utilizar o título “Vestidos com até 50% de desconto. Saiba mais!”, nesse caso, é de se esperar que a maioria dos homens que ver esse título sequer vai se interessar em abrir seu e-mail. Em um próximo e-mail que você enviar, a chance dele ignorar sua mensagem sem sequer ter lido o título é muito maior.

4 – Não caia em spam

Falando assim, até parece algo simples de ser feito. Mas, o principal fator que impede que suas mensagens sejam lidas é o fato de muitas vezes elas caírem na caixa de spam (ou lixo eletrônico) e as pessoas quase nunca abrem essas mensagens por motivos óbvios.

Inclusive, sempre que você enviar um e-mail e tiver uma variação muita grande na sua taxa de abertura, é provável que isso tenha acontecido por que parte dos seus assinantes receberam sua mensagem como spam. Apesar de estarmos nesse artigo falando sobre como o título pode impactar na taxa de abertura, geralmente um bom título vai influenciar em alguns poucos pontos percentuais na sua taxa de abertura (que geralmente é algo bastante relevante), porém, um e-mail que é identificado como spam pode derrubar pela metade sua taxa de abertura.

Não existe uma regra mágica para garantir que seus e-mails não serão identificados como spam, mas, existem uma série de boas práticas que podem ajudar você a melhorar seus resultados. Pense do lado do leitor, a caixa de spam existe simplesmente pelo fato de que eles receberem e-mails que não lhe são relevantes.

Abaixo existem alguns exemplos de boas práticas para evitar você de ser identificado como spam:

  1. Antes de enviar seus e-mails, teste se eles vão ser identificados como spam. Existem várias ferramentas para você fazer teste spam disponíveis no mercado, inclusive, algumas ferramentas de e-mail marketing já possuem esses recursos inclusos sem qualquer custo adicional.
  2. Evite sobrecarregar as pessoas com seus e-mails. É simplesmente inapropriado você enviar 1 e-mail por dia para toda a base, para alguns clientes isso pode funcionar, mas não funciona para a maioria.
  3. Não tente enganar seus leitores. Evite títulos falso, com keywords suspeitas ou esconder o botão de unsubscribe.
  4. Sempre link para o seu domínio e coloque sempre alt e title nas imagens dentro do seu HTML.
4 maneiras de aumentar sua taxa de abertura de e-mails
5 (100%) 1 vote

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Gustavo Freitas

Problogger, empresário e professor. Criou seu primeiro blog em fevereiro de 2008 e não parou mais de criar blogs.

Website: https://querocriarumblog.com.br/

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.