Entrevista: Canha Berg #Design Blog

canha.jpeg

 Fale um pouco sobre você 


Todos me conhecem pelo meu apelido, Canha. Tenho 27 anos e trabalho com web design a 11 anos. Já passei por algumas agências incríveis e fundei a minha própria agência de desenvolvimento web a 4 anos atrás. Recebi uma oferta de uma designer que quis comprar minha agência, então vendi e agora estou procurando novos projetos aos quais me dedicar e estou focando principalmente no meu blog o Design Blog.
Qual foi o seu primeiro blog? 
Meu primeiro blog, pelo que eu lembre, era um destes blogs pessoais estilo “diário”. Era mal feito e mal escrito, mas aprendi bastante sobre programação fuçando no código-fonte dele. Foi o que me atiçou a curiosidade de programar para a web.
De onde surgiu a ideia de começar a blogar?
Eu só queria um lugar onde eu pudesse expressar o que eu pensava. Eu era um garoto muito quieto na escola, então o blog servia como terapia pra poder ventilar tudo que passava na minha cabeça.
Alguém te motivou? 
Quando mostrei pra uma amiga de escola, ela me incentivou a continuar escrevendo nele pra que eu me expressasse melhor.
E como surgiu a ideia de criar o Design Blog? 
Quando comecei a faculdade de Design Gráfico, notei que havia uma escassez de informação sobre design teórico na web (pelo menos em português). Pensando nisto, decidi criar um blog onde eu postava o que aprendia na faculdade. O blog cresceu e comecei a evoluir a qualidade dos artigos.
Você se considera problogger?
Acho esse termo um pouco complicado. Eu ganho um dinheiro com o blog – não é muito, mas é uma grana legal pra gastar no fim do mês. Eu também não dedico meu tempo integral ao blog (embora eu esteja gastando mais tempo com ele agora do que antes). Eu acho que eu não me considero um problogger pelo simples fato de que minha paixão não está só em blogs, mas em criar coisas no geral, como designs, sistemas, vídeos, etc.
E qual o seu objetivo com Design Blog?
Espalhar o conhecimento. Acho design um assunto tão fascinante e complexo que vai muito além de saber brincar no Photoshop e tenho uma sede por sempre aprender mais além de uma vontade enorme de compartilhar isto com todo mundo. Acho que meu objetivo final é ficar famoso. haha.
Já teve ou tem outros blogs?Se sim fale um pouco: 
Já tive um blog caça-paraquedista – aqueles blogs que só possuem palavras-chaves para atrair as pessoas que fazem pesquisas no Google e enganar elas para que cliquem nos seus anúncios. No carnaval de 2010 eu consegui tirar o dobro do meu salário naquele mês. Mas com o tempo perdi interesse nisto. Não havia futuro neste tipo de blog, e tempos depois o Google atualizou o mecanismo de busca, trazendo um fim a milhares de blogs do gênero.
Desde o tempo em que você era blogueiro do que você mais se orgulha?
Me orgulho cada vez que recebo um e-mail parabenizando pelo conteúdo, ou ao ler algum comentário de alguém que foi indicado meu blog. Várias vezes já fui reconhecido na rua ou em eventos por leitores, o que faz inflar o meu ego.
E como você se organiza,com seus artigos? 
Procuro escrever os artigos nos finais de semana (que tenho poucas distrações) e programo eles para serem lançados durante os dias de semana. Se não consigo isto, reservo em torno de 3h por dia para escrever um artigo para o dia seguinte. Nestas horas, fecho o e-mail, as redes sociais e desligo o telefone pra poder me concentrar.
E quanto aos seus ganhos,da para viver de blogs? 
Dá pra tirar uma grana extra, mas não dá pra pagar todas as contas apenas com o blog.
Qual programa de afiliado que você utiliza e recomendaria aos blogueiros? 
O Google AdSense foi o que mais me deu retorno até hoje. Mas publicidade individual (de empresas que entram em contato querendo anunciar) são o que dão um retorno maior imediato.
Qual foi sua pior atitude na blogosfera?
Essa é complicada. Eu já comecei algumas brigas com blogueiros por diferença de opiniões. Felizmente, cresci e evito esse tipo de encrenca. É desgastante ficar brigando com outras pessoas quando posso estar fazendo algo realmente produtivo.
Quanto ao sucesso,em sua opinião o que levaria um blogueiro ao sucesso? 
Em resumo: dedicação, paixão e domínio do assunto. Se o blogueiro possui essas 3 qualidades, ele consegue fazer um blog de sucesso.
E com quantos anos de idade você começou a blogar?
Acho que com 14. Naquela época, não era qualquer um que conseguia blogar. As plataformas (como o Blogger) eram relativamente precárias e você batia muito a cabeça para poder mudar o layout do blog. Hoje em dia, não sei se eu aprendi muito mais ou se realmente ficou mais fácil.
Já pensou em desistir do seu blog?
Já. Várias vezes. Especialmente quando via que eu não estava recebendo o reconhecimento que eu achava que merecia – afinal de contas, passo horas escrevendo alguns artigos. Mas basta um comentário ou um email de um leitor satisfeito que essa vontade já vai embora.
Você se inspira em algum blogueiro?Se sim quais?
Me inspiro principalmente no David Airey, Jacob Cass e Fabio Sasso
Deixe uma mensagem para nossos leitores:
Dediquem-se, tenham paixão pelo que fazem e sempre procurem aprender mais sobre o que vocês já sabem.
Cite alguns blogs que você lê e recomenda a todos os blogueiros:
Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Eduardo Silva

Sul Mato Grossense de coração! Futuro Web Design e Design Gráfico. Tenho 21 anos e adoro tecnologia e internet!

Website: http://querocriarumblog.com.br/

4 Comentários

  1. Oi Kelleany !!!
    Essa sua entrevista foi muito boa pois eu não conhecia o entrevistado e com certeza vou buscar conhece-lo melhor.
    Parabéns mais uma vez.

    • Olá Mauricio,

      Acho que nem todos blogueiros conhecem,rsrs mas obrigada pelo comentário.

      Abraços!

Deixe uma resposta