O verdadeiro mundo dos Templates

Template OriginalSaber criar um template sempre foi o objetivo de vários blogueiros e que até hoje muitos ainda continuam com a mesma dúvida. Para isso a minha resposta é, não há segredo, basta aprender um pouco de html. Muitos optam por templates grátis mas mesmo assim ninguém quer depender disso, quer ser original e profissional. Sem falar das técnicas de seo que você deve implementar para ter boas estatísticas no Google. Outros blogs publicam artigos sobre este mesmo assunto e ainda não deixou os blogueiros da plataforma blogger satisfeitos.

Template original – blog profissional

Mesmo sabendo que usando templates grátis você consegue obter o sucesso ainda falta alguma coisa. O template original é uma forma de mostrar aos seus leitores a sua marca, ou seja, é a identidade do seu blog fazendo com que ele seja lembrada por todos. Isso é importante não só para blogs, mas também para sites, como podemos ver na internet hoje todos os blogs profissionais são diferentes um do outro e que após acessar você sempre vai lembrar sem nenhuma dificuldade, seja na identidade visual ou na estrutura do layout.

Blogueiros que se passam por Web Designer
Há muitos que ainda fazem isso com objetivo em lucrar com seu blog oferecendo serviços que não são profissionais. Vejo blogueiros que querem ser web designer, mas não é, pode até ter algum conhecimento em personalizar o blog, mas isso não é profissional.

O que realmente esses blogueiros fazem?
Baixa um template parecido com a estrutura que o cliente quer adquirir e começa a personalizar com códigos já prontos por outros. E após efetuar todo o procedimento retira os créditos do criador do template.
Vários blogueiros quando vai escolher o modelo de template para seu blog querem sempre um parecido com outros blogs já no topo, como foi citado em outro artigo escrito por o Felipe Silva.

Critica aos novo metablogueiros

Se o serviço não é profissional seu blog não está totalmente profissional e original. E vale lembrar que maioria das vezes não é seguro.

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Rodrigo Pato

Na blogosfera desde 2011, criador do blog RodrigoPato.com. É webmaster e está sempre em busca do conhecimento mútuo.

Website: http://www.rodrigopato.com

6 Comentários

  1. JR

    Muito interessante o post.Entretanto é preciso dizer que muitos tem recorrido a compra de templates consagrados simplesmente porque são melhores, mais organizados e servem para propósitos gerais.Além do mais, os plugins populares acabam dando uma cara muito parecida entre os blogs.

    No final, o que vale mesmo, o que fideliza é a relevância do conteúdo e a atualização constante. Não é preciso ir longe para ver que olhando rapidamente um blog a aparência é muito parecida com outros.

    Todavia concordo com sua opinião. O problema real está na cópia e “pseudo-personalização” dos post numa tentativa inútil de parecer original.

    abraço

    • Compreendo que cada um tem o seu ponto de vista, no entanto eu não citei no artigo que não recomendo que use Templates grátis. Isso é um alerta para blogs no caminho de profissionalismo ou qualquer blogueiro que tem o desejo de algum dia se tornar profissional, não tenho nada contra a quem faz o ato ou deixa de fazer.
      Quanto ao seu comentário é totalmente positivo, se você baixa um template e quer personalizar essa é sua opção, todos os Templates precisam de alguns toques finais, sendo que deve manter os créditos.

      Obrigado a todos por os comentários.

      Abraço

  2. Concordo com você Diogenes. Eu tenho essa vontade de me tornar Web Designer amador, mas não vou fazer templates para outras pessoas e muito menos retirar os créditos.
    Talvez eu personalize um template para outras pessoas GRATUITAMENTE, mas nunca retirarei o código do autor original, que teve o duro trabalho de montar toda a estrutura do template.
    Quando eu tiver um curso e o certificado comprovando que passarei a cobrar para o meu trabalho. Mas eu acho que não tendo o certificado e fazendo pequenas alterações (não personalizar todo o template) pode sim cobrar. Sem retirar os créditos.
    Abraços.

  3. Olá Diogenes, sou um amante da blogosfera e um cara totalmente apaixonado por templates, hoje eu não adquiro templates e sim personalizo conforme as minhas necessidades, mais não presto serviços pra outras pessoas (ao contrário de muitos).

    Recentemente me deparei com um caso em que um “profissional” cobrou pra fazer um theme para um cara e no fim o que ele fez foi personalizar um, ou melhor, dizer que personalizou, pois o mesmo estava totalmente fora das regras de programação.

    Faço pra mim, segundo as minhas necessidades, para outras pessoas não.

    Abraços.

  4. Cabe aos profissionais se posicionarem melhor do mercado e ofuscar os que copiam.

    Mais uma vez, esses posts que são críticas do tipo “parem de copiar o que eu faço” não resultará em nada, é bem capaz que mais pessoas copiem pois se você diz que é um grande blogueiro, um dia as pessoas acreditam.

    Não é porque um template é pago que ele será melhor que um gratuito, a empresa pode até oferecer um melhor suporte, coisa que num grátis você tem que se virar para ajustar a sua maneira.

    No mais, tudo é questão de aprendizado, a pessoa uma hora vai acordar e ver que está fazendo errado, assim seu post serve de alerta.

  5. Muito interessante seu artigo Diogenes. E muito verdadeiro. Hoje em dia qualquer um que aprende um pouco de HTML acha que é blogueiro.

    O pior disso é que prejudica e muito os profissionais que estudaram e batalharam para adquirir o conhecimento necessário para trabalhar nessa area, cobrando preços absurdamente ridículos, enquanto cobramos um preço justo, condizente com nosso conhecimento.

    Ótimo artigo. Bem vindo ao QCB.

    Abraços!

Deixe uma resposta