Sites Prontos: aliados ou concorrência

Esse é um Guest Post escrito por Pedro Sampaio do SEO Master. Se você também quer ter um Guest Post publicado no QCB, confira nesse link como é fácil.

Para muitas pessoas construir um site pode ser um verdadeiro desafio. Afinal, o público em geral não conhece códigos de programação. Contudo, cada vez mais o público em geral quer se estabelecer no mundo virtual.

Dessa necessidade de estabelecimento online, que vai muito além de ter um perfil ou uma página em uma rede social, começaram a nascer empresas que disponibilizam um programa para criar sites. Esses aplicativos desenvolvidos por diversas empresas em todo o mundo facilitam a criação de sites por pessoas que são leigas relativamente à programação, tornando mais fácil a criação de sites para profissionais independentes ou pequenas empresas que queiram divulgar o seu trabalho na rede de forma mais profissional.

Além do aplicativo que facilita a construção do site, fazendo com que com apenas alguns cliques o site esteja pronto e no ar, algumas empresas oferecem também o aluguel do domínio e a hospedagem incluídos no pacote, o que ainda faz com que tudo seja mais simples para pessoas que não estão à vontade com o mundo virtual. E, existem ainda, programas que permitem a incorporação de personalização através de códigos. Portanto, se você conhece um pouco de HTML5 ou CSS3, por exemplo, você pode personalizar o seu site pré-fabricado, sem ter que fazer o site todo.

A maioria dessas empresas oferece o domínio, a hospedagem e o aplicativo de criação e edição do site por um valor mensal, além de fornecer suporte técnico para quem tenha alguma dificuldade. Esses sites prontos vêm com uma grande variedade de temas padrão que podem ser escolhidos pelo usuário, mas não se restringem a isso, dada a possibilidade de personalização através do aplicativo de edição ou de personalização avançada através de programação, o que é uma grande mais-valia para quem pretende facilidade, mas não se contenta com mais do mesmo. Porque, afinal, querer que um site seja fácil de construir é um desejo comum, mas mesmo sendo um site pronto ele tem que ter algum diferencial, porque um site mais do mesmo não alavanca o negócio de ninguém.

Sem falar que os aplicativos são extremamente simples de trabalhar, com uma interface intuitiva e tecnologia drag and drop, como é oferecido por algumas empresas, fica ainda mais simples e rápido colocar o site online.

A não obrigatoriedade de fazer o download de qualquer software, ou seja, o trabalho na nuvem, alicia ainda mais, tanto quanto a integração prévia com as redes sociais, que é uma aposta certeira que conquista muitos clientes que pretendem investir no marketing online ou simplesmente tornar mais simples a interação com os milhões de usuários das diversas mídias sociais.

Até o momento são só vantagens, mas do ponto de vista de quem quer ter um site simples e profissional, não entende nada de programação e não tem muito dinheiro para investir, são só vantagens mesmo.

O senão vem para os programadores. Existe quem fale de banalização dos profissionais de programação, já que hipoteticamente qualquer pessoa pode criar um site. No entanto, não é porque muita gente tem máquinas fotográficas que os fotógrafos se tornaram banais, toda gente tira fotografias, mas um fotógrafo continua sendo um fotógrafo.

Penso que é uma questão de necessidade. Se uma pessoa necessita um site muito elaborado, não vai atrás desse tipo de aplicativos, porque embora eles sejam fáceis de trabalhar e produzam um resultado final bastante satisfatório, não permitem o desenvolvimento de um site grande e complexo. Contudo, se o site pretendido é menor e não tão complexo esses aplicativos são perfeitos, dado que juntam a facilidade de um programa simples com um binômio custo/benefício excelente.

No fundo, essas ferramentas permitem que leigos saibam como construir um site sem saber programar, o que é um avanço para o mundo digital que em nada diminui o valor de um programador. Por isso, acredito que o trabalho dos programadores que investem neles mesmos e desenvolvem as suas competências não esteja ameaçado. Até porque, para que esses aplicativos existam, é necessário ter programadores trabalhando neles.

Esta é uma exigência do mercado que está sendo suprida e que pode, até mesmo, levar a que essas pessoas que começam com sites prontos ou pré-fabricados decidam dar o próximo passo e construir um site mais elaborado. Afinal, se as pessoas nunca tiverem um site, jamais vão saber quais são os benefícios reais de ter um site e, eventualmente, contratar um programador que possa adicionar mais elementos e funcionalidades do que os aplicativos existentes já oferecem.

1 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

CommentLuv badge