Na dúvida: Não escreva!

 

Você tem um blog. Passou dias escolhendo qual seria o nicho dele, concluiu e decidiu. Depois você passou outros tantos dias para decidir qual seria o nome do teu blog. E depois de tudo decidido começou a escrever. Comprometeu-se a postar ao menos 5 vezes por semana e… virou escravo de seu próprio blog.

Pode parecer um exagero dizer escravo de seu blog. Mas muitas vezes é assim que nos sentimos ao acordar e concluir: Tenho que escrever um post para meu blog hoje. E quando dizemos tenho que esquecemos que a primeira coisa que nos fez querer ter um blog não foi a obrigação ou vontade de ganhar dinheiro, mas a vontade que nós temos de nos expressar, de blogar, como forma de diversão, não como obrigação.

E isso se reflete no texto.

Quantas vezes você não abriu aquele blog que está acostumado a ler e concluiu que: “o post de hoje foi meia-boca” {{quem falar isso desse post será nocauteado por uma versão genérica do Mike Tyson, contratado para ficar na porta de saída do blog}} ? Isso porque o resultado de nosso humor raramente passa desapercebido por nossos textos.

Pessoas com pressa escrevem textos mais curtos, mais óbvios, enquanto pessoas {{desculpem a expressão}} de saco cheio escrevem textos menos interessantes, raramente conseguimos desassociar o que somos da figura literária que escreve. Já falamos aqui como conseguir mais leitores, como fidelizar leitores, etc.

É também verdade que num blog acostumado a atualizar-se 5 vezes por semana; há leitores que decepcionam-se caso o blog de uma hora para outra passe a ter 2 postagens por semana.

Você perderá leitores, não há dúvidas sobre isso. Portanto é preciso se esforçar ao máximo para manter constante o número de atualizações no blog.

Isso dito, é preciso ponderar o outro lado da moeda. Se um leitor pode deixar de visitar seu blog pela decepção de não ver nada novo nele, esse mesmo leitor com certeza deixará de ler seu blog se passar a ver atualizações constantes de postagens meia boca {{lembre-se do Mike Tyson genérico!}}.

Portanto se você tiver na infeliz situação de precisar escolher entre: escrever um post medíocre e não escrever nenhum post; Vai por mim, o melhor a fazer é não escrever.

 

 

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Caipira Zé do Mér

Ator formado e estudante de Letras - USP. É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado. Você me encontra também no blog ImprenÇa, no Twitter e no Facebook.

Website: http://www.imprenca.com

1 Comentário

  1. Muito bom o post, eu mesmo quando não tenho nada em mente e não estou com vontade de postar no blog não publico nada de novo. E fiz meu blog por vontade de ajudar o próximo sem obrigações e isso é o que faço.

Deixe uma resposta