Motivos da minha migração para o WordPress

Esse artigo é um guest post do Romaryw Borges do blog www.Romaryw.com.br. O Romaryw é um de meus alunos no treinamento Método Start.

Este post não é um tutorial ensinando você a fazer a migração de outras plataformas de blogs para o WP, também não é um desabafo cheio de críticas sobre uma plataforma da qual estou saindo, mas sim um aviso sobre minha migração e alguns motivos pelos quais tomei a decisão de fazer isso. A leitura deste artigo vai lhe ajudar em muitas coisas relacionadas a blogs, principalmente se você é iniciante ou intermediário.

Antes peço licença para me apresentar. Sou Romaryw Borges do blog www.Romaryw.com.br, sou profissional em conteúdo digital e dedico minhas horas vagas na criação de conteúdo que agregue valor na vida das pessoas. Também sou autor de outros projetos espalhados pela web, sendo o mais recente o AulaDeViolao.net que ainda tem poucos posts.

Sou apaixonado pelo fascínio da internet com todas as suas possibilidades e por isso sou blogueiro nas horas vagas desde 2011. Recentemente também criei um blog para minha esposa onde ela fala um tanto bom sobre relacionamentos e outras coisas mais.

Agora deixa eu parar de tanta apresentação e ir direto ao que de fato vim aqui fazer.

Um belo texto lhe aguarda. Boa leitura!

Todo blogueiro que tenha começado como eu, sem experiência, sem conhecimento e querendo gastar o mínimo possível ou até nada, sabe que na maioria das vezes a gente faz várias mudanças e experimentos até que de fato nosso blog venha estar como a gente quer.

Na realidade, no meu caso e de tantos outros, quando a gente inicia tentando blogar não sabe realmente nem mesmo o que é e nem pra que serve um blog.

O resultado disso é que muitas vezes a gente começa da forma errada, sem foco em um nicho especifico ou focado em um errado, e o pior de tudo, sem profissionalizar o nosso blog para que ele seja mais atraente e eficiente ao leitor.

Além disso, também não podemos esquecer-nos da segurança que devemos procurar para nosso projeto, caso se pretenda ter algo profissional.

Blog atraente e eficiente

O que é ser atraente? Do dicionário é ser charmoso, encantador. Com relação ao blog, devemos entender que ser atraente é ser bonito, organizado, chamativo e aconchegante para que o leitor sinta vontade de estar ali, de ver o conteúdo daquele blog.

O que é ser eficiente? A palavra significa bom, competente. O blog deve ser útil, ter serventia para o leitor, ter páginas de fácil acesso e compreensão, tema com cor e fontes que facilitem a leitura, conteúdo bem criado que de fato resolva o problema do leitor, etc.

Qual a melhor plataforma para criação de blogs?

Sobre o que escrevi no ponto anterior, a boniteza e eficiência de um blog nem é tanto uma questão de plataforma, pois em quase todas as plataformas de blogs é possível ter um blog atraente e eficiente, principalmente nas plataformas de mais referencia como é o caso do Blogger e do WordPress.

Essa eficiência e boa aparência vão depender não unicamente da plataforma, mas sim de cada editor dos blogs que organizam o projeto e produzem o conteúdo.

Pensando por este lado, às vezes até podemos imaginar que o profissionalismo não tem ligação direta com as plataformas, e de fato não tem, mas dependendo do que se pretenda em cada blog e/ou projeto, eu lhe garanto a plataforma faz uma grande diferença, inclusive pode decidir o seu sucesso ou fracasso total na blogosfera.

Se aprofundarmos na questão do profissionalismo dos blogs em todos os critérios e nas funcionalidades das plataformas, então a gente percebe que algumas são muito limitadas enquanto outras nos dão mais liberdade na criação, melhoria, etc.

Falando apenas sobre o Blogger e o WordPress, que no meu conceito são as melhores plataformas para criação de blogs, posso afirmar que o WP é melhor porque tem mais funcionalidades.

No WordPress, além de blogs profissionais você também pode criar vários tipos de projetos para infinitas finalidades com funcionalidades que o Blogger jamais seria capaz de oferecer, a menos que o Blogger mude futuramente.

No blogger você pode criar bons blogs sim, e existem muitos blogueiros de sucesso que estão nessa plataforma, mas dependendo do que se pretenda, vai chegar um dia em que você vai querer fazer algo diferente, mudar de nível e não vai conseguir.

Outra coisa negativa no Blogger é que o seu blog nessa plataforma nunca será totalmente seu pelo fato de que se a plataforma sair do ar seu blog juntamente com todo o seu conteúdo também saí fora, desaparecem do mapa. Se o Google decidir de repente dar um fim na plataforma por algum motivo qualquer, seu blog também chega ao fim e leva junto todo o seu trabalho de anos.

Por esses e outros motivos eu digo que o WordPress é melhor. Seu blog do WP é totalmente seu (sob seu controle) e vou explicar isso mais adiante.

Onde devo criar meu blog?

Isso depende do que você pretende com o seu blog e o quanto você está disposto a investir nele.

No WP você pode fazer quase tudo em seu blog e ser totalmente dono dele, porém existe um pouco de gastos.

Só pra lembrar, aqui estou falando do WordPress.org e não do WordPress.com, pois os dois são WP, mas bem diferentes.

No WordPress.com não é necessário que se gaste dinheiro para ter um blog porque ele oferece hospedagem e subdomínios grátis assim como o Blogger, porém o WordPress.com é limitado até mais que o Blogger. Entre este e o Blogger eu recomendo o Blogger por ser mais eficiente e fácil de manusear.

No WordPress.org é necessário que se gaste, não com a plataforma em si, pois esta pode ser baixada e usada gratuitamente, mas existe necessidade de gastos na contratação de serviços de terceiros. Por exemplo: Domínio (www.seublog.com) e hospedagem (local onde seus textos, fotos, e outros ficarão armazenados na web).

Sendo assim, você vai fazer uma avaliação da sua pretensão para o blog, do grau de segurança que você quer ter para o seu projeto, e depois disso decidir qual plataforma escolher.

Blogger e WordPress, qual é pago e qual é gratuito?

Na realidade ambos são gratuitos, mas para fazer o seu blog rodar no WP é necessário contratar serviços de terceiros, daí vem à mania da gente falar que é pago.

Explicando melhor, o Blogger é gratuito, inclusive hospedagem. Não há necessidade de pagar hospedagem (nem tem como até onde sei) e nem de baixar a plataforma e instalar em servidores para usar o serviço, pois isso é feito em um painel online.

Então o gasto que vai fazer com o blogger basicamente será apenas na compra de domínio próprio (preço varia dependendo do domínio e da empresa que vende), e não é obrigatória a compra, apenas se você quiser que seu blog seja mais atraente.

Outra vantagem do blogger é na criação de um blog e manuseio que é muito fácil e quase toda pessoa pode aprender em pouco tempo a fazer quase tudo nele.

Um dos pontos mais negativos no Blogger é a questão de ser muito limitado e não ficar sendo totalmente seu.

Já para o WordPress.org você precisa comprar domínio e hospedagem (Valor da hospedagem varia dependendo da necessidade do seu projeto e da empresa que vende).

No WP você deve baixar a plataforma e instalar em seu computador caso decida usar um servidor próprio ou instalar em um servidor que tenha contratado.

No WP você pode demorar um pouco para aprender a manusear tudo, assim como no blogger, principalmente se você tem dificuldades em computadores. Mas depois que aprende o básico fica fácil.

Vendo por alguns pontos o WP se torna a segunda opção para se escolher. Certo? Mas na realidade ela é a primeira e mais recomendada opção em comparação a outras plataformas.

As funcionalidades dessa plataforma (WordPress) são quase infinitas, existem possibilidades de criação de plug-ins para fins específicos ou você pode escolher colocar alguns dos milhares que já existem no próprio repositório do WP ou em outros sites.

São muitas as vantagens do WordPress em comparação a outras plataformas. Muitas possibilidades e facilidades que vão desde plug-ins até temas, configurações e outras coisas mais.

O ponto mais negativo no WP é a obrigatoriedade de se gastar com domínio e hospedagem. Mas se você pretende testar e aprender sem gastar saiba que é possível. Você pode criar um blog de teste em um serviço de hospedagem grátis que oferece sub domínios também grátis.

Mas atenção! Recomendo isso apenas para teste!

Os pontos mais positivos no WordPress são todos. Você fica sendo totalmente dono do seu blog, pode criar quase todo tipo de projeto nessa plataforma: Blogs, lojas, sistemas, plataformas com entrada de login para membros do seu projeto, enfim. Como já falei, tem gastos, mas os benefícios são quase infinitos e compensam muito.

Porque no WP serei totalmente dono do meu projeto e no Blogger não?

migração do wordpress

Já dei uns toques no texto já lido, mas vou explicar melhor. Se você ainda não tem um conhecimento profundo sobre o assunto, depois de ler o que já escrevi anteriormente você deve estar com essa dúvida, querendo saber o porquê que no Blogger você não é dono do seu projeto, apenas pode ter criado algo e estar administrando, talvez lucrando, mas o Google dono da plataforma Blogger sempre foi e continuará sendo dono de todos os blogs e outros projetos que são criados nessa plataforma de forma grátis.

Essa situação só pode ser mudada quando o blogueiro decide migrar para outra plataforma, e o WP é a mais indicada. Foi o que fiz, migrei.

Vou explicar em detalhes. Seu blog estando no blogger, tudo que você posta vai sendo armazenado no blogger, ou seja, no Google, e pertence ao mesmo. Os textos, imagens, vídeos. Suas imagens hospedadas no Google, por exemplo, são propriedades do Google para sempre, até mesmo se você apagar ou deixar de usar a conta do Google.

Tudo que você posta no seu blog (no Blogger, WordPress ou outro) vai sendo armazenado em algum lugar, isso para que esse conteúdo esteja disponível em seu blog.

O blog em si não tem capacidade de armazenar dados, e até as imagens e textos da própria composição do blog como o modelo de template (tema) estão armazenados em algum lugar da web, ou seja, em uma hospedagem (grátis ou paga).

O que acontece na prática em relação ao Blogger é que o Google (dono do Blogger) disponibiliza a hospedagem gratuita para todo o conteúdo que você posta. O Blogger chama a atenção de muita gente pelo fato de ser gratuito e também uma excelente plataforma para quem pretende ter um projeto bom, mas que não seja tão ousado, que não seja tão grande com muitas funções.

Apaixonados pelas facilidades que o Blogger proporciona no manuseio de um blog simples e grátis, muitas pessoas mergulham fundo e nem se quer parar para estudar as desvantagens.

Esse foi o meu erro ao iniciar e sei que também é o erro de muitas pessoas que possam estar lendo isso neste momento.

No Blogger, quando são feitas as postagens em algum blog, o conteúdo vai sendo armazenado na base de dados do próprio Google e consequentemente também passa a pertencer ao mesmo.

Por ser um serviço gratuito, o Google pode muito bem, quando bem entender, tirar seu blog (ou todos os blogs) do ar, bloquear conteúdos, enfim, e tudo isso sem ter que dar satisfações a você. E se algo semelhante acontecer, onde você pode buscar ajuda?

Pra falar a verdade você pode conseguir conversar sobre o assunto com pessoas em fóruns de discussões relacionados, inclusive do próprio blogger, mas resolver o problema não vai ser fácil porque o contato com o Google mesmo você não vai conseguir facilmente, e se conseguir, são milhões de pessoas entrando em contato a todo o momento, você vai ter que aguardar muito até chegar sua vez, isso se chegar.

E se você tiver a sorte de receber atendimento, por e-mail ou alguma outra forma, você vai reclamar do que? Do serviço de criação de blogs grátis que você usou, desfrutou, talvez até tenha ganhado dinheiro, tudo sem gastar nada com a hospedagem??? Ah, aí você nem teria argumento. Certo?

Pelos motivos citados acima (que nem sei se tenho razão em todos) e por muitos outros que nem citei (mas existem vários), já ficou mais do que explicado o porquê de no blogger você não poder dizer que é totalmente dono do seu blog.

Mas, e no WordPress?

Ah, aí é outra história! Não vou afirmar que seu projeto esteja totalmente imune a perdas, pois em lugar nenhum vai estar, mas as vantagens são muito grandes aqui, e vou lhe explicar em detalhes.

Antes de explicar já quero deixar bem claro que em nenhum momento estou menosprezando a plataforma blogger (pelo menos não é a intenção). Inclusive eu já utilizei a ainda utilizo desde muitos anos.

Atualmente migrei quase todos os meus projetos para o WordPress, mas ainda mantenho um no blogger até agora. É uma ótima plataforma e eu recomendo, mas dependendo do que você pretende para o seu projeto, aí já não é aconselhável usar a mesma pelas limitações e também pelas questões já citadas. Por isso pretendo migrei.

No WordPress como já foi falo, tive gastos com hospedagem (e no meu caso até com um curso), mas agora sei que de fato sou dono do meu blog. Por quê? Simples. Diferente do blogger, no WP eu instalei o meu projeto dentro de um serviço que eu estou pagando. O projeto é meu. Seu eu não gostar do serviço posso migrar para outro com toda segurança e continuar tendo o meu projeto em WordPress, coisa que não se pode fazer com o blogger.

Qual a vantagem disso? Bom, com a plataforma baixada dentro do meu computador ou em um serviço de hospedagem contratada eu posso rodar meu projeto independente de aspectos online do WordPress, pois terei o painel administrativo totalmente sob meu domínio.

Meu blog também estará independente de ligações com relação a domínio porque já tenho domínios próprios (no WordPress.org é obrigatório que se tenha domínio próprio) e com relação à hospedagem (também obrigatório que se tenha).

Chegando a conclusão

No WordPress tenho a plataforma sendo minha porque baixei (no blogger não tem como) tenho o domínio próprio (é obrigatório que se tenha) e tenho hospedagem segura do meu blog porque contratei um serviço de hospedagem. Ou seja, tudo meu, tudo independente.

Daí em diante só basta eu ficar pagando uma pequena taxa mensal ou anual para manter ativos o domínio e a hospedagem. E claro, sempre manter todos os meus posts salvos no PC para que não corra riscos caso tenha problema com o serviço de hospedagem.

Já aproveito para deixar essa dica. Caso já utilize ou pretenda utilizar o WordPress, procure manter seu projeto juntamente com os posts sempre salvos no PC (faça o download com frequência).

Com isso se você tiver algum problema grave com o serviço de hospedagem, basta contratar outro e jogar seu projeto completo pra lá. Bom né?

Essa dica de salvar os posts também é válida para utilitários do blogger. Para ficar ainda melhor, tenha um domínio próprio! No blogger não se pode salvar o blog completo porque a hospedagem é no Google e a plataforma online também (não pode ser baixada), mas pelo menos os posts você pode salvar.

Assim se seu blog for apagado ou ocorrer algum outro problema, você pode criar outro blog, apontar seu domínio para ele e colocar os mesmos posts do outro.

Eu uso domínio próprio no meu blog do Blogger, pois além do meu projeto ficar mais com cara de profissional, ainda tenho a possibilidade de criar outro blog, caso tenha um problema com o atual, e usar o mesmo domínio. Claro que não fica sendo o mesmo, e anda longe das vantagens que se tem no WordPress, mas quebra um galho na hora da necessidade.

Enfim, o blogger também é uma ótima plataforma. Eu ainda utilizo atualmente e recomendo nos casos que já citei neste mesmo post. Mas o blogger nem se compara com o WordPress, as funcionalidades nem se comparam, a questão de SEO o WordPress dá de lapada, e em outros aspectos também.

Por isso migrei para o WordPress com a maioria dos meus projetos, estou feliz e satisfeito, na verdade apaixonado pela plataforma. Recomendo fortemente!

Claro que se eu não gostar de algo futuramente terei prazer de voltar aqui para relatar isso. Mas para o momento estas foram as minhas palavras.

Agora vou lhe dar um brinde. Que tal você ficar fera em conteúdos digitais como vídeos, fotos, áudio e outros? Cliquei aqui e receba meu brinde em forma de dicas para você.

Hasta la s vista baby!

E você, o que acha do WordPress ou do Blogger? Qual sua experiência e o que recomenda? Concorda ou discorda com os argumentos que citei neste post?

Deixe seu comentário logo mais abaixo e compartilhe.

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Autor convidado

Esse artigo foi escrito por um autor convidado. Confira no primeiro parágrafo do artigo o nome do autor, o blog e seu Twitter.

Website: http://querocriarumblog.com.br

19 Comentários

  1. Tiago Fróis

    Olá Romaryw! Pelo que entendi até agora sobre qual plataforma escolher para criar um blog, devemos optar pela plataforma que melhor atende as nossas necessidades de acordo com o tipo de conteúdo e tipo de finalidade que queremos atingir com o blog que vamos criar (não sei se minha interpretação está correta).
    Entretanto, ainda tenho dúvida sobre qual plataforma escolher. Talvez você possa me ajudar a decidir.
    Quero criar um blog para alcançar os seguintes objetivos:
    1º) Torná-lo minha fonte de renda PRINCIPAL e PERMANENTE (quero trabalhar com publicação de conteúdos na internet);
    2º) Publicar conteúdos que ajudem as pessoas na decisão de compra de determinados produtos;
    3º) Publicar dicas e informações relevantes para o público que compra pela internet;
    4º) Rentabilizar meu blog com propagandas de outras empresas, etc.

    Eu não tenho experiência nenhuma com blogs ou com programação html, mas quero fazer um blog profissional e futuramente pretendo ter conhecimentos mais avançados para personalizar meu blog da forma como eu quiser.

    Desde já agradeço, e um abraço.

    • Oba Tiago.

      Pelo seu comentário não tenho sombra de dúvidas quanto a minha resposta e recomendação. Muitas coisas citadas por você podem ser feitas pelo blogger, mas com certeza a melhor plataforma para o seu caso é o WordPress.

      Além do mais, você falou que não tem experiência nenhuma com blogs ou com programação html, mas quer algo profissional. Sendo assim, no wordpress você pode fazer praticamente de tudo sem entender nada de programação. Pra isso existem os plugins com funções diferentes e especiais que facilitam muito a nossa vida. hehe. Existe plugin para quase tudo que você desejar, mas isso é no wordpress.org

      No blogger tem nada disso. Se você quiser algo com aparencia profissional no blogger vai ter que aprender html para fazer gambiarras (coisa que não é fácil) ou pagar alguém para fazer o mesmo. E como já citei no artigo, ainda assim seu projeto vai andar é longe de se parecer com algo criado em wordpress. O blogger é ótimo e se encaixa para alguns dependendo da necessidade, mas no seu caso recomendo com certeza o wordpress.

      Espero ter ajudado. Precisar estamos aê.

      Abraços

  2. Waina Miranda

    Eu uso somente o Blogger, tenho alguns blogs mas não os tenho alimentado. Recentemente resolvi dar uma olhada neles pelo Painel e achei o Painel tão diferente que quase desisti do blogger rs. E seu texto me deu mais motivos ainda para aventurar-me no WP. Sempre soube que ele é “mais” profissional mas fui deixando o tempo passar e a falta de tempo de fuçar me acomodou no blogger. Assim que der vou entrar no mundo do WordPress.org.

    Obrigada pelas dicas!!

    • Olá Waina. Valew por comentar.

      Tenho quase certeza que assim como eu você também não irá se arrepender de conhecer o WordPress.
      Eu o conheci e a cada dia fico mais apaixonado pelas possibilidades que essa plataforma nos proporciona.

      Precisar de ajuda pode contar comigo.

      Abraços

  3. ABEL GONÇALVES

    eu centi a maior firmeza no comentario. FOI EXTREMAMENTE UTIL. VALEU,

  4. João

    São as mais maravilhosas dicas que já vi!
    sucesso para você.

  5. Será o próximo investimento que irei fazer, mas saber que não sou totalmente dono do meu blog me deixou muito preocupado. E se amanhã o Google resolve deixar de lado a plataforma? ou desativar? irei perder meu conteúdo?

    • Olá Gabriel. De fato estando no blogger você pode ser surpreendido a qualquer momento. Mas acho que não há motivos para se preocupar tanto, pelo menos não se o seu projeto não for tão grande.

      Além do mais, no final do artigo deixei uma dica legal que serve mesmo para quem está no blogger.

      Caso já utilize ou pretenda utilizar o WordPress, procure manter seu projeto juntamente com os posts sempre salvos no PC (faça o download com frequência).

      Com isso se você tiver algum problema grave com o serviço de hospedagem, basta contratar outro e jogar seu projeto completo pra lá. Bom né?

      Essa dica de salvar os posts também é válida para utilitários do blogger. Mas claro que isso funciona bem apenas se você tiver um domínio próprio. Se não tiver, cuide de ter, pois além de segurança seu projeto transmite mais profissionalismo tendo um domínio próprio.

      Voltando a sua dúvida sobre perder o conteúdo, SIM, corre esse risco, mas….

      No blogger não se pode salvar o blog completo porque a hospedagem é no Google e a plataforma online também (não pode ser baixada), mas pelo menos os posts e o template você pode salvar.

      Recomendo artigo no “Gerenciando Blog” que ensina a fazer o backup quase completo do seu projeto no blogger.
      Clique no link: http://www.gerenciandoblog.com.br/2010/06/como-fazer-backup-de-seu-blog.html

      ………………..

  6. Primeiramente quero dizer que seu texto Romaryw, é de grande qualidade e mostra que realmente entende do que está falando.

    Sim o Blogger é muito bom, eu mesmo uso essa plataforma, por curiosidade, lá em fevereiro deste ano, contratei um serviço de hospedagem só para testar o mesmo, inicialmente não gostei, claro pois era meu primeiro contato com o WordPress.org, mas agora penso como você, que sim é interessante gastar um pouco de dinheiro, mas ter algo mais profissional.

    Mas também não podemos negar que o Blogger é bom, e cumpre o que promete, dependendo do que você espera!

    É muito importante posts deste tipo, pois fomentam a mais pessoas a criarem blogs!

    Obrigado.

    • Obrigado Vinicius!

      Valew pelo comentário contando um pouco da sua experiencia.

      ….e SIM, como você falou, de fato é muito importante posts deste tipo, pois fomentam a mais pessoas a criarem blogs. Gosto muito de incentivar as pessoas a conhecerem este maravilhoso mundo dos blogs, pois sei que nele as possibilidades são infinitas.

      A possibilidade de liberdade é ótima. Oportunidade de se poder fazer o que gosta e depois de algum tempo (longo ou curto) poder ganhar dinheiro com isso e talvez até mudar de profissão. Enfim.

      Gosto de ajudar e sempre criei meus conteúdos pensando nessa questão.

      Espero que meus textos sirvam de inspiração e/ou agregue valores na vida de quem os lerem.

      Abraços

  7. parabéns Romaryw pelo seu primeiro Guest post, o conteúdo tem uma excelente qualidade. sucessos

  8. Norma Azevedo

    Ótimo material. Parabéns Romaryw pela produção do conteúdo com excelentes informações. Estou aprendendo mais a cada dia. Obrigada Gustavo Freitas por compartilhar.

    • Que bom que gostou Norma. Espero que não somente este texto, mas que outros conteúdos meus possam lhe ajudar na sua jornada como blogueira. O céu é o limite, acredite. Você tem potencial.

  9. Espero que este meu texto posso agregar algum valor ao seu publico Gustavo. Obrigado pela oportunidade. Para mim é uma honra compartilhar algo aqui. Abraços

  10. Muito legal as dicas do meu esposo. Parabéns por compartilhar conteúdos de qualidade Gustavo.

Deixe uma resposta