Google vai punir sites e blogs que estão abusando de técnicas de SEO, cuidado!

Essa semana já escrevi um artigo alertando para mudanças que vão ocorrer no Google num futuro próximo e que podem mudar totalmente a maneira como procuramos e consumimos informação.

Hoje vou falar sobre outras mudanças no algoritmo de pesquisa anunciados pelo Google, mas essas mudanças não vão acontecer daqui a alguns meses/anos, mas sim muito em breve.

O Google está fazendo alterações em seu algoritmo de pesquisa para punir sites e blogs que estão abusando de técnicas de SEO.

Mas o que isso quer dizer, realmente?

As técnicas de SEO são utilizadas para melhorar o posicionamento de artigos em determinadas buscas por determinadas palavras-chave. Elas são ensinadas e incentivadas pelo Google, mas até um certo ponto para não atrapalhar a experiência das pessoas que estão em busca de uma informação de qualidade.

Segundo o Google, sites, portais e blogs estão utilizando de técnicas em excesso para ficar melhor rankeados.

“Quanto às pessoas que estão abusando do SEO, nós em geral não anunciamos alterações antecipadamente, mas há algo em que estamos trabalhando nos últimos tempos e queremos implantar nas próximas semanas ou meses”, anunciou Matt Cutts, durante o evento de cultura digital SXSW, realizado em Austin, nos Estados Unidos.

Você não sabe do que o Matt Cutts (chefe da equipe anti-spam do Google) está falando? Então preste atenção na próxima declaração dele.

“Iremos atrás daqueles que enchem a página de palavras-chave, trocam muitos links ou vão além do que normalmente esperamos. Temos muitas pessoas trabalhando nisso no momento.”

matt cutts mudanças no algoritmo do google

Então vamos parar com as técnicas de SEO?

A resposta, lógico, é NÃO! Pelo menos em meus blogs não vou parar ou mudar nada do que já faço por conta dessa nova mudança no algoritmo do Google. Pelo contrário, vou reforçar ainda mais as técnicas de SEO que já utilizo, procurar aprender mais e refinar ainda mais, e sabe por que? Eu produzo conteúdo de qualidade em meus blogs e é nesse conteúdo de qualidade que o Google está interessado. Por isso as mudanças constantes no seu algoritmo.

Voltando a declaração do Matt Cutts “Quanto às pessoas que estão abusando do SEO…”, o que você acha que é abusar de SEO? Não fique com dúvidas, confira novamente o que ele disse “Iremos atrás daqueles que enchem a página de palavras-chave, trocam muitos links ou vão além do que normalmente esperamos.”, para não haver dúvidas crescentes após esse artigo, vou falar um pouco sobre essa frase e os termos principais.

Enchem a página de palavras-chave

O Google recomenda a utilização de palavras-chave relacionadas ao conteúdo do artigo e de seu projeto para que as pessoas que estão procurando por aquele conteúdo cheguem ao melhor resultado possível. Todo o mecanismo de busca atual do Google é baseado em palavras-chave.

Agora a recomendação é que você utilize de maneira racional. Por exemplo, esse texto é sobre técnicas de SEO e muitas pessoas procuram por esse termo, então é uma boa prática que eu coloque algumas vezes essa palavra em meu texto, mas dentro da normalidade e sem prejudicar a leitura do texto. Não posso a cada palavra que escrever repetir o termo que quero destacar nas pesquisas ou poderei ser punido.

Trocam muitos links

O Movimento Blogs Unidos está ENCERRADO, já que um dos objetivos é exatamente a indicação de outros artigos interessantes que possam complementar o artigo que está sendo lido.

Claro que não, o que o Google está dizendo é justamente o contrário.

Se você troca muitos links com outros blogs somente por trocar, pensando que com essa ação vai melhorar seu posicionamento no Google, saiba de um detalhe interessante, você pode é ser punido. Não troque links por trocar, na verdade o que eu aconselho é o seguinte “NUNCA TROQUE LINKS”.

Em vez disso, se você escreve um artigo e conhece algum outro artigo que pode complementar, ou até mesmo mostrar um ponto de vista diferente do seu, coloque esse link no artigo, dê essa opção ao seu leitor de continuar lendo e pesquisando sobre o assunto. Como pode perceber, estou utilizando essa técnica de SEO aqui no artigo. Eu recomendo meus artigos, mas também recomendo outros artigos que podem complementar o que estou falando. Eu não sou o dono da verdade nem o dono do conhecimento sobre asssunto algum, então preciso complementar meus artigos com indicações de outros pontos de vista, opiniões e debates.

Quer ter uma área para indicar alguns blogs que gosta muito, então crie essa área em seu blog, mas não utilize para trocar, ou seja, eu coloco se você também colocar… Essa atitude é que pode gerar punição dentro do contexto do que o Matt Cutts está falando. Tem gente abusando disso, além das vendas de links, é claro. Muito cuidado, ao vender um banner ou link em seu blog, sempre coloque o atributo rel=”nofollow” nele e deixe isso bem claro em seu Mídia Kit para não causar problemas com seus anunciantes.

Vão além do que normalmente esperamos

Essa parte eu interpreto que o Matt está se referindo as técnicas de SEO do “lado negro da força”, ou seja, técnicas que não são consideradas boas práticas e possíveis de punição, como por exemplo links pagos, links camuflados, excesso de palavras-chave, doorways pages, texto invisível, claoking page e muitas outras.

darth vader - black hat seo

E não pense que o Google está brincando, recentemente eles penalizaram sua própria página do Google Chrome por adquirir um link pago.

Conclusão

Para os que fazem seu trabalho de maneira correta e focada no seu visitante e leitor, não a muito o que se preocupar. Já passei por Google Panda e outras atualizações importantes do Google e meus projetos não foram afetados. O que sugiro é isso, continue focando seu esforço em produzir conteúdo de qualidade, voltado para o seu visitante e não para máquinas e seja sempre inovador em seus projetos e ideias.

Indico também a leitura do e-book gratuito e colaborativo “Melhores dicas de SEO“.

E você, o que pensa sobre essa declaração do Google, concorda comigo ou acha que existe uma outra interpretação para as palavras do Matt Cutts? Deixe sua opinião nos comentários e vamos abrir aqui um debate sobre esse assunto tão importante para a blogosfera.

Fonte: IDG Now!

Crédito das imagens:Geek Estate e Cabaré das Ideias

20 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

CommentLuv badge