Quem lê seu blog?!


Seu blog é um livro e tem um leitor. Exatamente, sem dúvidas, sem questionamentos. Não tenho {{óbviamente}} como saber do que é que seu blog trata, nem também posso afirmar que já li seu blog, até porque não tenho a mais vaga ideia {{nem varinha de condão}} de quem seja você. O que não deixa dúvidas, no entanto, é que você tem ou terá um blog. Sei disso porque você entrou em um blog chamado “Quero Criar um Blog” e, portanto, não faz sentido que você não pense em criar um blog ou aperfeiçoar o blog que já tem. O que pode ainda não estar claro a você é o seguinte:

Seu blog tem um público alvo
 

Pode ser que você não saiba ou não tenha certeza de quem é seu público mas ele existe. Ou deveria existir.

 

É tão ou mais importante saber para quem você está escrevendo do que saber sobre o quê você está escrevendo.  Escrever para uma figurinha como esta da foto é bem diferente do que escrever para um rapaz de 45 anos {{gostou do ‘rapaz’?!}}. Nem sempre você precisa saber a idade de seu leitor, às vezes basta saber o que é que seu leitor espera do teu blog.

 

Um blog com o título “Quero Criar um Blog” traz a um novo visitante a expectativa de um blog com dicas para escrever ou manter um blog. Quando o leitor entra num blog chamado “ImprenÇa” espera algo relacionado com a mídia. Quando um leitor entra num blog chamado “Ursinhos Carinhosos” espera um blog sobre o São Paulo FC sobre desenhos e afins.

 

Qual o título do seu blog? Qual a descrição dele?

 

 

O que o leitor espera quando entra no teu blog?! Uma das principais razões para que um leitor nunca mais volte ao teu blog é a decepção/frustração causada por uma expectativa não atendida. Mesmo os chamados blogs sem nicho criam uma certa expectativa nos leitores. Um desavisado que entre no blog “Contraditorium” do Cardoso pode não saber do que é que trata o blog, é um blog sem nicho. Mas depois de duas ou três postagens o leitor já sabe que verá ali discussões ou curiosidades e um estilo de leitura bastante próprio do autor.

 

A maior parte dos blogs tem um nicho {{ou assunto, como preferir}} definido e bastante claro. Os leitores entram sabendo por alto aquilo que lerá. Quando um leitor entra num blog chamado “Ursinhos Carinhosos” e vê uma postagem sobre a inflação fica extremamente decepcionado. Se for a primeira vez do leitor por ali, posso te assegurar que ele não voltará ao blog tão cedo.

 

Nem sempre saber o nicho / assunto do teu blog é simples, mas tenha certeza ele existe. Antes de escrever seu próximo post eu aconselharia a perguntar-se:

 

 

 

O que o leitor espera de mim? Devo corresponder?

 

 

 

 

Fidelizar o leitor é sempre a coisa mais difícil num blog, mas existem alguns truques para isso. Um deles é saber quem lê seu blog. Outro é saber criar um estilo próprio; outro ainda é ter fluência na escrita. Mas a melhor dica continua sendo: ler muito.



Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Caipira Zé do Mér

Ator formado e estudante de Letras - USP. É curioso o bastante para falar sobre qualquer assunto e inteligente o bastante para saber que quase sempre estará errado. Você me encontra também no blog ImprenÇa, no Twitter e no Facebook.

Website: http://www.imprenca.com

5 Comentários

  1. Esta questão trata-se de coerência e foco. Nosso conteúdo deve ser coerente com nosso público alvo, e com o nicho que escolhemos. Se conseguirmos manter o foco nas palavras chave que sintetizam o blog, certamente estaremos no caminho certo.

  2. Sempre tive vontade de escrever e comecei realmente há cerca de um mês, porém imagino que venho cometendo diversos erros.
    Gostaria que criticasse meu blog.

    • Vilson,

      Obrigado por ler o artigo e comentar… Leia os artigos deste blog {{não só os meus, mas a maior parte}} e veja onde cada um deles se aplica… O teu blog é de ‘auto-ajuda’ ou de ‘piada’? São dois nichos bem diferentes… comece por aí…

      Abraços…

  3. Olá

    Concordo com o que você disse, é bem por aí mesmo, mas quero acrescentar mais coisas.

    É muito dificil pensar em fidelização de leitores sem conhecer antes o público que está lendo você, embora não tenhamos conhecimento total de quem nos lê, temos noção pelo menos dos que costumam ser mais assíduos diante da manifestação nos comentários, nas indicações de links, nos RTs do twitter, nas mensagens de e-mail, pesquisas de perfil de público, enfim, nas váriadas formas de interação entre blogueiro e leitor, ocasiões em que o leitor se apresenta e se manifesta, momentos em que temos a oportunidade de conhecê-los.

    Mas por distração ou até mesmo por pensar que isso não seja importante não prestamos atenção a estas situações onde os leitores se manifestam, do mesmo modo que não nos preocupamos em perceber seus gostos e interesses através dos comentários e participações que fazem, não costumamos ter a curiosidade de conhecer mais a fundo as pessoas que são mais visiveis, não conhecemos os nossos clientes, usuários ou leitores mais aparentes, o que serveria pra nós de amostra pra sabermos como é o resto que nos parece invisível.

    Isso tudo pra dizer que não conseguiremos fidelizar nossos leitores de forma eficiente se nos mantermos distantes deles, não adianta muito a letra fria de um texto bem escrito se não conseguirmos passar a verdade e a emoção necessária a um texto de blog. Leitores de blogs são diferentes de leitores de jornais, eles gostam de se sentir a vontade, como se estivesse em casa ou visitando a casa de algum amigo querido.

    Um Abraço
    @anakint

Deixe uma resposta