6 dicas para segurança e otimização do seu blog ou site em WordPress

Depois de quase 8 anos trabalhando com WordPress, sei muito bem a necessidade de se preocupar com a segurança e otimização do blog ou site construído com WordPress. E isso não quer dizer que o WordPress é um sistema inseguro. O problema é que ele é o mais utilizado no mundo, o que chama a atenção de pessoas mal intencionadas.

Por isso resolvi criar esse artigo com 6 dicas para segurança e otimização do seu blog ou site em WordPress. Como não sou especialista no assunto, pedi ao Ataliba Teixeira e ao Richard Giandomênico algumas dicas para passar no artigo.

6 dicas para segurança e otimização do seu blog ou site em WordPress

Como já disse, as dicas são do Richard e do Ataliba e vão te ajudar a proteger e otimizar seu blog em WordPress. Leia com atenção e qualquer dúvida, deixe um comentário.

6 dicas para segurança e otimização do seu blog ou site em WordPress

Dicas de otimização

O Richard Giandomênico é um especialista em otimização de sites e blogs em wordpress e hospedagem web. E ele passou 3 dicas de otimização para usar em seu blog WordPress.

1- Quanto menos Widgets melhor

Realmente é legal ter vários Widgets na lateral do blog com diversas funções diferentes e também aqueles pop-ups bacanas, mas eles são os maiores vilões do seu blog quanto a velocidade. Experimente tirar alguns e testar no pagespeed, irá receber uma nota melhor.

2- Cuidado com as imagens

Sempre utilize Imagens com uma resolução baixa ou média para não pesar muito na hora de carregar seu site. É claro que existem plugins para reduzir o tamanho das imagens que você usa no seu blog, mas o ideal é que elas já sejam inseridas num tamanho menor possível.

3- Quanto menos plugins, melhor

Utilize o menor número de plugins possível, não fique enchendo seu site de efeitos especiais e outros recursos desnecessários com plugins que são vão deixar seu site lento. Eu, por exemplo, já tenho minha relação de plugins essenciais para um blog profissional. E necessário que você também tenha a sua e instale um plugin apenas quando não tiver jeito mesmo.

Dicas de Segurança

O Ataliba Teixeira é profissional de segurança da informação com grande experiência em segurança de servidores web. Ele contribuiu no artigo enviando 3 dicas sobre segurança para seu blog WordPress.

4- Plugins de fontes confiáveis

Sempre escolher plugins de fontes confiáveis e sempre, acompanhar o mesmo no site do WordPress. Observar se o desenvolvedor é ativo no fórum de bugs e se o plugin está sendo atualizado sempre.

Estas duas coisas e outras mais lhe dão uma certeza que o desenvolvedor mantém uma política de atualização baseada no que é reportado ao mesmo, e é assim que os bugs de segurança aparecem e são resolvidos.

5- Fuja dos temas piratas

Evitar usar temas “piratas” obtidos por canais que não são os oficiais do desenvolvedor a não ser que tenha conhecimento para fazer uma auditoria completa do tema.

Infelizmente boa parte dos sites ou pessoas que vendem estes temas em canais não oficiais inserem “códigos maliciosos” que podem causar problemas ao seu site.

6- Atualize seu blog

O básico de sempre, mantenha seu blog atualizado, com backups constantes e também senhas fortes. Isso é o básico, mas a grande maioria não o faz.

Dica extra

Para não dizer que apenas compilei as dicas do Richard e do Ataliba, vou também passar uma dica que vai lhe ajudar a otimizar e dar segurança a seu blog ou site no WordPress.

Semana passada lancei, junto com o Ataliba e o Richard, o curso Otimização e Segurança para sites e blogs no WordPress. Esse curso é completo e vai te mostrar o que precisa ser feito para otimizar e dar segurança a seu blog.

Confira a ementa do curso

Módulo I – Otimização

Unidade I – Plugins essenciais para um blog profissional

Unidade II – Servidor de Hospedagem

Unidade III – Introdução a otimização

Unidade IV – Trabalhando com Imagens

Unidade V – Plugins de Minificação

Unidade VI – Estudo de caso até os 100/100 no pagespeed

Módulo II – Segurança

Unidade I – Introdução

Unidade II – Configurações iniciais

Unidade III – Segurança do WordPress em um ambiente já instalado

Unidade IV – Configurações avançadas

Unidade V – Backup

Unidade VI – Descobrindo se seu site foi invadido

Quer conhecer o curso? Então basta clicar no link abaixo.

Qualquer dúvida, basta deixar um comentário que eu, o Ataliba ou o Richard respondemos o mais rápido possível.

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Gustavo Freitas

Problogger e empreendedor digital. Criador do Método Start, que ele utiliza para criar blogs de sucesso e ganhar dinheiro na internet.

Website: http://querocriarumblog.com.br/

9 Comentários

  1. Excelente artigo!
    Com certeza irá ajudar muito no crescimento do meu site.

  2. Jon

    Tenho seguido cada ensinamento do Gustavo Freitas e tenho colhido resultados crescentes! Recomendo as todos!

  3. Hugo

    As dicas são boas…Passei 2 meses estudando wordpress, comprei um tema parecido com este blog por R$ 300,00 e descobri que o thema não era meu e achando que estaria com os sites no ar pra sempre…

    E daí veio o primeiro problema atualizar o thema, salvar aonde??? Como??? Dar ou não dar permissão para pastas ??? Conheci pessoas com este tipo de problema…Resumindo deixei de utilizar o wordpress…

    E decepção de muito tempo gasto sem o retorno financeiro esperado…

    O que falta na internet é uma empresa que onde você possa hospedar o site onde você possa ter o backup de uma forma fácil, mesmo que isso tenha um custo.

    Aprendi bastante coisa estudando seus posts Gustavo Freitas…

    Grato

    Hugo

  4. Obrigado pelas dicas.

    Otimizar é muito importante, sempre devemos tentar melhorar isso, ainda mais agora que isso é considerado por muitos como critério de desempate nos mecanismos de buscas.

  5. Oi Gustavo,

    Excelente dica. A otimização realmente conta muito para o sucesso de um Blog já que isso está relacionado diretamente com o posicionamento no Google.

    Abraços!

  6. Complicado. Não consigo me livrar dos plugins, reconheço que tenho muitos mas é complicado, por que se não usar você tem que saber programar. Outra coisa que eu to com problema é o cache de arquivos externos e do navegador. Por mais que eu teste o google developers diz que tá errado… Resultado, meu site ainda não está bom.

Deixe uma resposta