Dicas e cuidados sobre uso de imagens

No artigo anterior que escrevi, que fala um pouco sobre como criar textos, eu fiz uma citação quanto ao uso de imagens para ilustrar um artigo, e o quão é importante essa prática.

Só que como nem tudo são flores, existe o perigo de uso de imagens que estão protegidas por direitos autorais, o que pode tornar-se um problema.

Para evitar esse tipo de contratempo, passível de processo inclusive, trago aqui dicas e ferramentas para você usar imagens sem se preocupar com esses aborrecimentos.

  • Evite o Google Imagens

Muitos blogueiros, principalmente iniciantes, cometem esse erro de buscar imagens no serviço do Google. Acontece que não é possível saber com precisão se a foto que lhe interessa está ou não protegida por direito autoral. Na dúvida, é melhor não se arriscar.

  • Se possível, crie suas próprias imagens

Se o seu celular tem câmera, você tem então uma excelente ferramenta no bolso. Eu mesmo adoto isso no meu blog. Já ilustrei vários artigos assim. Como exemplo, veja os artigos os perigos e cuidados com as URLs curtas e a tecnologia e a mudança de hábitos. Eu uso o Photoshop para editá-las, mas se você acha esse software muito complexo, existem aplicações simples e gratuitas que podem ajudar na edição da sua imagem, como o software Picasa ou o Picnik, se preferir trabalhar online. Só tome cuidado para não publicar fotos de pessoas sem prévia autorização.

Outra prática interessante é o uso de printscreen, principalmente àqueles que se dedicam a fazer tutoriais de qualquer espécie.

  • Bancos de imagens

Se você por acaso não tem tempo de produzir suas próprias imagens, existem na internet bancos de imagens gratuitos.

O Public Domain Photos é um banco de imagens de domínio público que permite o download de diversas imagens, inclusive para uso comercial, desde que você cite o autor através de um link. Imagens de produtos e logomarcas precisam de autorização para seu uso.

O Photl é o banco que mais uso. Além de ser atualizado com centenas de fotos diariamente, você também pode fazer uma pré-edição na imagem, como escolher seu tamanho e recortá-la, e não é necessário citar o autor. Para isso é preciso se registrar no site, que tem versão em português. Algumas imagens são pagas, mas são pouquíssimas, e estão devidamente sinalizadas.

O Flickr também é uma opção. Apesar de ter conteúdo protegido, muitas pessoas pré-autorizam o uso de suas imagens de acordo com as licenças creative commons. Eu mesmo disponibilizo na minha galeria, desde que citem a fonte. Se não quiser garimpar no site, existem buscadores que procuram imagens com essas licenças no Flickr, como o Wylio, por exemplo.

Espero que tenham gostado das ferramentas. Qualquer dúvida, é só deixar um comentário.

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Junior Silva

Um blogueiro apaixonado por música, internet e tecnologia. Graduando em Tecnologia em Sistemas para Internet, é criador e editor do blog Caixa do Junior. Presente também no Twitter no perfil: @juniorsilva.

Website: http://querocriarumblog.com.br/author/junior-silva/

7 Comentários

  1. rosana

    ola junior estou tentando criar um blog,mas nao estou conseguindo como eu faço?

  2. Kátia Jardim

    Olá junior,
    Obrigada pelas dicas. Sou uma blogueira iniciante e inexperiente. Tenho passado por muitas dúvidas sobre regras de postagens de textos e imagens. Já postei algumas coisas e não prestei atenção no uso das imagens que fiz. Vou ficar mais esperta em relação a isto.
    Abraços,
    Kátia Jardim

    • Olá Kátia,
      Que bom que você gostou.
      Use então as ferramentas que citei. São simples, eficientes, e não te trará problemas.

      Abraços.

  3. Lugirão

    Felizmente nunca tive problemas.
    Sempre tenho receio de pegar alguma imagem que não esteja disponível.

  4. Gustavo Freitas

    Júnior,
    ótimo tema o que escolheu para abordar nesse artigo. Muitos blogueiros cometem esses erros com as imagens, e alguns chegam a ter problemas sérios com direitos autorais,
    abraço.

Deixe uma resposta