Como otimizar seu blog wordpress hospedado na Hostgator

Sempre que falamos sobre o WordPress.org, principalmente em comparação com o Blogger, sempre gostamos de mostrar as vantagens dessa plataforma.

Uma vantagem que sempre é mencionada é o fato de termos liberdade de trabalhar com nossos dados e arquivos, já que temos uma hospedagem que podemos chamar de nossa.

Mas com essa “liberdade” surgem algumas responsabilidades que não vou citar aqui, mas gostaria de destacar uma, a responsabilidade pelo consumo de cpu e memória de seu blog ou site no seu serviço de hospedagem.

Recentemente recebi a seguinte mensagem da Hostgator, um dos melhores serviços de hospedagem que conheço e na qual estão grande parte de meus projetos atualmente.

Prezado Cliente,
Esta mensagem é para informá-lo de um bloqueio colocado em sua conta. Esta conta foi encontrada consumindo uma quantidade excessiva de tempo do processador, ao ponto de degradar o desempenho do sistema global. Nós trabalhamos para que cada conta não ultrapasse mais de 25% da CPU de um sistema definido em nossos termo de serviço, nós não desativamos ativamente contas até que excedam bastante esse número, como ocorrido em seu caso.
Como notamos que se trata de um blog WordPress, recomendamos que seja instalado o plugin W3-Total-Cache, que auxilia no processo de redução de CPU necessária para executar o blog e pode ajudar seu site a ter mais tráfego, já que consumirá menos recursos.

A mensagem era maior e dava mais alguns detalhes. Mas mostra claramente a responsabilidade que temos com um blog na plataforma wordpress.org. O pior é que existem serviços de hospedagem que simplesmente desativam a conta e nem te avisam. O Hostgator pelo menos me avisou e me deu algumas dicas para tentar melhorar o desempenho.

Como otimizar seu blog hospedado na Hostgator

Como deixa bem claro na mensagem se eu não fizesse algumas modificações em minha instalação do wordpress ficaria com minha conta desativada, ou seja, meu blog não seria acessado por ninguém. E ai não adianta ir pras redes sociais reclamar, eu aceitei um contrato e estou infringindo regras e preciso resolver meu problema.

Vou agora ajudar quem tem blog na Hostgator a otimizar sua instalação do wordpress. Alguns passos podem ser feitos em qualquer host, mas o último passo poderá ser feito apenas nos hospedados na Hostgator, a não ser que seu host também tenha esse tipo de ferramenta (aconselho entrar em contato com o suporte de seu host e perguntar pela funcionalidade mostrada no passo 3).

1- Instale o plugin W3-Total-Cache

Sempre que um novo visitante acessa nosso blog, é feita uma consulta ao banco de dados para prover a página ou artigo visitado. Isso aumenta e muito o consumo de memória e cpu em um serviço de hospedagem. Para resolver esse problema temos que utilizar um plugin de cache. Existem muitos para wordpress, mas o que é recomendado pela Hostgator é o plugin W3 Total Cache.

Pode seguir todas as configurações ensinadas no artigo escrito pelo amigo Paulo Faustino, apenas não ative as opções “Database Cache” e “Object Cache”, por recomendação do suporte da Hostgator, como pode ser lido abaixo.

Adicionalmente, nós recomendamos fortemente que sejam desativadas as configurações “Database Cache” e “Object Cache”, na página de configurações para melhor performance. Veja aqui a orientação na página da Hostgator.

Lembrando que essa configuração pode ser feita em qualquer serviço de hospedagem e não somente na Hostgator.

2- Instale o plugin DB Cache Reloaded Fix

Este plugin armazena em cache todas as consultas do banco de dados com tempo de vida determinado. É muito mais rápido do que outros plugins de cache de html e usa menos espaço em disco para o cache.

O DB Cache Reloaded Fix irá fazer o trabalho das opções desativadas no W3 Total Cache, só que irá utilizar muito menos memória para isso. Para instalar, basta seguir o procedimento normal de instalação de um plugin no wordpress e procurar por DB Cache Reloaded Fix. Após ativar o plugin vá até Configurações – DB Cache Reloaded e selecione “Enable” e clique em “Save”.

3- Reconfigure o WP-CRON para funcionar a partir do conjob do cpanel

Essa dica é exclusiva para os que estão hospedados na Hostgator e pode ser encontrada, de maneira mais complexa no artigo “Otimizando WordPress – Desabilitando o wp-cron.php”.

O wp-cron é um script do wordpress que executa algumas funcionalidades que gostamos muito como por exemplo artigos programados, backups e outras tarefas como envio de newsletters. Sempre que alguém acessa seu blog o script é executado, o que gera muito consumo de memória e cpu sem necessidade. A Hostgator criou uma maneira de evitar isso. O primeiro passo é desativar o wp-cron de sua instalação do wordpress.

Acesse via FTP sua instalação e baixe o arquivo wp-config. Abra ele e inclua a seguinte linha no arquivo.

// wp-cron desabilitado HostGator Brasil
define('DISABLE_WP_CRON', true);

Depois salve o arquivo e envie novamente via FTP. Pronto, o wp-cron está desabilitado, mas se quiser que as funcionalidades citadas acima continuem funcionando, você terá que configurar uma tarefa cron no painel de controle de sua hospedagem.

Agora abra o CPanel de seu serviço de hospedagem e, como mostrado na tela abaixo, vá até o final da página e em “Avançada” clique em “Tarefas Cron”.

tarefas cron hostgator

Na próxima tela, em “Adicionar novo trabalho cron” selecione “Definições comuns” e escolha o período de tempo que a tarefa cron deverá ser executada. Você pode ainda refinar utilizando os outros menus, se achar necessário. Em “Comando” coloque

/usr/bin/php -f /home/USERNAME/public_html/wp-cron.php >/dev/null

Substituindo o USERNAME pelo seu usuário do CPanel. Clique em “Adicionar novo trabalho cron” e pronto. Seu blog estará mais rápido, mas sem utilizar o wp-cron que pode tornar seu serviço honeroso para o host.

image

Se a sua hospedagem na Hostgator permite a utilização de mais de um domínio, você terá que utilizar outro comando, esse abaixo.

/usr/bin/curl http://SEUSITE.COM/wp-cron.php

Substituindo http://SEUSITE.COM pelo seu domínio. Você precisa criar uma tarefa cron para cada domínio que tiver.

Conclusão

Como vimos ter uma instalação do wordpress em uma hospedagem paga pode trazer sérios problemas, então recomendo que não perca tempo e faça os passos que forem possíveis realizar em seu host atual. Se não conseguir realizar todos e estiver tendo problemas com estabilidade de seu blog, talvez seja o momento de mudar de hospedagem. Recomendo firmemente a Hostgator, não somente pelo serviço de primeira qualidade, mas também pelo suporte, que é extremamente qualificado e sempre disposto a ajudar a resolver o problema.

E você, já conhecia essas dicas? Como faz para otimizar sua instalação do wordpress? Compartilhe conosco nos comentários.

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Gustavo Freitas

Problogger e empreendedor digital. Criador do Método Start, que ele utiliza para criar blogs de sucesso e ganhar dinheiro na internet.

Website: http://querocriarumblog.com.br/

22 Comentários

  1. Dayenne

    Eu não sei o que fazer! Não havia visto que tinha que desinstalar todos os plugins e instalei o w3 total cache e quando ativei todos os plugins ficaram inacesiveis! Não consigo mas entrar na pagina de plugins… o que fazer?

  2. Leo

    Neste exato momento minha conta no HostGator está bloqueada devido ao uso excessívo da CPU.
    Seu post ajudou bastante, principalmente na questão do passo 3.
    Valeu!

  3. Fabio Oliveira

    Bom dia Gustavo Freita,
    Atualmente este blog está usando Super Cache (e não o Total Cache). Como se otimiza o Super Cache para Hostgator? Qual a vantagem dele sobre o W3 Total Cache?

  4. Olá Gustavo!

    Por favor, instalei os dois plugins dos dois primeiros passos. Depois que instalei o DB Cache Reloaded e habilitei aparece a seguinte mensagem de erro na página de configurações do w3 total cache:

    DB Cache Reloaded Error: DB Module (wpdb class) is not loaded. Please open the Options Page, disable caching (remember to save options) and enable it again. If this will not help, please check FAQ how to do manual upgrade.

    Está pedindo para desabilitar o DB cache.

    Será que este erro é normal por ter dois plugins de cache ou não?

    Desde já agradeço a atenção.

  5. Olá, Gustavo! Poxa, super artigo!! Vou colocar em prática várias das dicas e fazer os testes nos meus blogs para ver se ganho performance…

    Obrigado por compartilhar!

    Sucesso!!

  6. ????Recomendo firmemente a Hostgator, não somente pelo serviço de primeira qualidade, mas também pelo suporte, que é extremamente qualificado e sempre disposto a ajudar a resolver o problema.?????
    Totalmente em desacordo com esta afirmação.
    Mudei para a hostgator recentemente e confesso que foi um desastre quase total.
    Nem a migração do antigo servidor conseguiram fazer decentemente.
    Páginas em falta, imagens que não constavam, arquivos para download, que não apareceram, sites que não abriam, etc, etc.
    Eu tive que reconfigurar tudo e estou nisto faz 2 semanas.
    Desisti do suporte da hostgator, pois ou tive muito azar, ou não encontrei as pessoas certas.
    As minhas receitas de publicidade em 9 sites caíram 500%.
    Sites com frases chave que retornavam os primeiros lugares nas buscas, despencaram, porque muitas páginas, deixaram de aparecer.
    As página de erro 404 subiram mais de 2000%.
    Aliás estou a fazer um relatório para exigir à hostgator uma indenização pelos prejuizos causados e custos de mão de obra.
    Hostgator necessita com urgência dar formação profissional e também boas maneiras de atendimento, aos atendentes do suporte.
    Uma vergonha para um nome bem conceituado noutros paises.

    • João Santos,

      o que escrevi é a minha experiência com o serviço. Tenho mais de 10 projetos com eles e quando preciso o suporte sempre é eficiente.

      Já fiz várias migrações com eles e só redirecionei o DNS do domínio após tudo estar funcionando 100%.

      Se teve problemas, sou a favor de que faça o que disse, vá atrás de seus direitos.
      Sucesso.

    • Concordo com você joão Santos.

      Já tive um problema semelhante ao seu. A Hostgator simplesmente não conseguiu migrar de forma correta 2 sites que tenho. eles ficaram faltando conteúdo, postagens, imagens etc… Foi um arrependimento total e tive que voltar para Locaweb. Depois arrisquei e fui para Hostgator novamente, e sempre tendo problemas e empurrando com a barriga, mas quando eu tiver condições financeiras eu vou pagar um servidor Profissianal de qualidade em recursos e suporte.

  7. Marco

    Mais não por isso vão ficar somente na HostGator, outras empresas tem planos bem mais baratos que aguentam mais, dependendo pode ser que lotam os servidores com muitos sites e blogs e afetam os nossos…

  8. Junior

    Olá Gustavo, o Hostgator fornece um apoio técnico e de suporte todo em Inglês ou tb em Portugues?

    Obrigado.

  9. Gustavo então peço desculpas achei que tinha comentado isso com você por ter relação com o tópico que postou pior que agora não lembrou com quem foi.

  10. Se eu não me engano uma vez tinha comentado com você sobre algumas restrições da hostgator sobre o uso em excesso quando se usa o wordpress essas dicas são boas e ja uso a um bom tempo indicado pela própria hostgator onde também tenho hospedado vários projetos.

    • Claudio,
      sinceramente não me lembro… mas agradeço por compartilhar que realmente essas dicas funcionam.
      abraço.

  11. Valeu, fiz tudo como indicado, agora vamos tentar ver se o hostgator “devolve” meu blog, hehehe

Deixe uma resposta