3 erros comuns nas finanças pessoais realizados por muitos empreendedores digitais


O maior erro dos empreendedores digitais certamente é não saber administrar seu dinheiro. A sustentabilidade financeira é essencial para se manter um projeto a médio e longo prazos. Mas por que isso? Por que como diziam os mais antigos: não existe almoço de graça. Até mesmo nas doações, existe alguém por trás disso, ou seja, alguém comprou aquilo que estará sendo doado.

Por isso, vivemos em uma sociedade capitalista e precisamos do dinheiro para nos manter e sobreviver.

Então, dinheiro é importante? Sim!

Infelizmente não fazemos nada sem dinheiro.

Experimenta você ir agora até a lanchonete da esquina de sua casa e pedir um lanche e dizer: “olha não tenho dinheiro e, por isso, quero de graça.”

Mas será que dinheiro é o objetivo final de tudo? Não!

É simplesmente um meio para alcançarmos um fim. Este objetivo ou fim é diferente para cada um, mas certamente todos precisarão dele para chegar lá.

Por isso, o cuidado com as finanças pessoais é essencial e o empreendedor deve estar atento para não cometer alguns erros comuns.

Os 3 erros comuns nas finanças pessoais realizados por muitos empreendedores digitais

Os 3 erros comuns nas finanças pessoais realizados por muitos empreendedores digitais

Esses são muito comuns e até fáceis de serem corrigidos.

1 – Não organizar as receitas e despesas em uma planilha financeira

Por que isso? Vamos imaginar o seguinte: hoje você irá com sua família ajudar nas tarefas domésticas e, por isso, resolveu que só irá limpar um pouco aqui outro pouco ali e sem se preocupar em retirar as coisas, ou até mesmo se preocupar se tudo realmente ficará limpo. Você estará de fato ajudando em algo? Não, e talvez tenha retrabalho depois.

Bom, não há como você iniciar qualquer negócio online sem a organização das suas contas antes de qualquer coisa. Se você é daquelas pessoas que realiza as contas de cabeça porque confia na memória, cuidado!

Por que deve realmente realizar um controle financeiro? Por que os que fazem as contas de cabeça sem anotar ou registra nada, quase sempre se assustam com a quantidade de contas que tinha e nem lembrava quando resolvem colocar tudo no papel!

Um exemplo disso são os famosos parcelamentos no cartão de crédito, pois quando chega a conta e é a parcela 3 de 10 que irá pagar, você olha e pensa: caramba ainda tenho mais 7 parcelas disso para pagar? Poxa, quando irá acabar?

Se você deseja empreender tem que saber o quanto poderá disponibilizar para pagar os serviços habituais como hospedagem, registro do domínio, serviço de e-mail marketing, etc.

Mas será que é possível fazer isso tudo sem gastar?

É possível sim, mas se já estiver com suas finanças pessoais organizadas já poderá começar pagando por serviços mais profissionais em seu negócio.

Então organize suas receitas e despesas em uma planilha de controle do orçamento para ter mais segurança em seus gastos e até mesmo começar a economizar.

2 – Assumir vários projetos diferentes ao mesmo tempo

Você comprou vários domínios e não teve resultado algum? Lembre-se que os custos são maiores para manter vários domínios, e se seu tempo for curto, você provavelmente irá demorar mais a ter resultados. Por isso, manter o foco em um projeto, até começar a obter retornos financeiros, é a melhor opção.

3 – Não avaliar o retorno do investimento

Isso é muito comum ocorrer principalmente no caso dos empreendedores. Por exemplo, você investe em anúncios pagos e ganha um valor x, mas ao mesmo tempo gastou um valor y nos anúncios. Qual foi seu retorno líquido, isto é, quanto efetivamente entrará no seu bolso (depois de pagar o valor que gostou do anúncio) como resultado dessa divulgação?

Então a regra é organizar as finanças pessoais, saber o quanto poderá gastar para não se endividar e, em seguida, começar a controlar estas receitas e despesas todo mês.

Organizar as finanças pessoais não é algo difícil, mas exige disciplina e, por isso, a Cristiane Gouget elaborou um e-book ensinando como sair do vermelho e aprender a economizar para alcançar mais rápido a independência financeira.

>>> Quero baixar o e-book agora

O e-book chama-se Livre-se das Dívidas e Realize seus Sonhos. Cristiane Gouget é mestranda em economia e estuda sobre finanças pessoais há mais de 10 anos, sendo os 4 últimos anos em atendimento aos alunos na análise de suas finanças pessoais.

Por isso, o e-book terá um bônus que ajudará você de vez a organizar suas finanças, pois ela estará analisando as planilhas financeiras preenchidas por cada aluno e estará apontando onde poderá reduzir ou até mesmo cortar as despesas de acordo com as suas metas relacionadas a quanto tempo deseja a liberdade financeira.

>>> Baixe o e-book agora mesmo

Qualquer dúvida, deixe um comentário. Nisso não é necessário economizar 😉

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Gustavo Freitas

Problogger e empreendedor digital. Criador do Método Start, que ele utiliza para criar blogs de sucesso e ganhar dinheiro na internet.

Website: http://querocriarumblog.com.br/

6 Comentários

  1. Olá Gustavo,

    De fato, a organização faz toda a diferença.
    Eu por exemplo, a partir do momento que criei minha planilha para controlar o dinheiro que ganho eu não tive dificuldades para contratar um Autoresponder e nem serviço de E-mail marketing.

    Eu estou quase certo que o que faz muitas pessoas desistirem na verdade é a falta de organização. A pessoa se perde totalmente e isso gera frustração.

    Abraços!

  2. Gustavo Freitas e Cristiane Gouget, melhor que isso não pode ficar, show

  3. Bacana Gustavo. Aqui depois que comecei a me organizar com uma planilha todo mes, pude observar melhor onde gastava sem necessidade e onde poderia gastar mais para meus projetos crescerem

    • Almy, organização em todos os níveis é que faz a diferença entre sucesso e fracasso, no fim das “contas”.

Deixe uma resposta