10 dicas que um blogueiro pode aprender indo ao circo

Hoje fui ao circo. Acabei de chegar com a família. Entre outras coisas o circo nos nivela, todos somos crianças dentro do circo e nas 2 horas de show, não foi diferente, todos éramos crianças e os olhos brilhavam a cada artista que entrava no picadeiro.

Um circo é comumente uma companhia itinerante que reúne artistas de diferentes especialidades como malabarismo, palhaço, acrobacia, monociclo, contorcionismo, equilibrismo, ilusionismo entre outros. Wikipédia.

Fui ao circo do Marcos Frota, o Grande Circo Popular do Brasil (Marcos Frota Circo Show), que está na estrada há 21 anos.

Como dizem todos os profissionais do circo “Enquanto houver criança, haverá palhaço e, enquanto houver palhaço, haverá circo”. E eu humildemente completo com “enquanto houver circo, voltaremos a ser crianças”.

10 dicas que um blogueiro pode aprender indo ao circo

Hoje consegui enxergar 10 dicas que podem ser úteis a um blogueiro e espero que você possa se beneficiar, como eu me beneficiei hoje.

Dica 1 – É preciso exercer sua função com muito amor

Você nota no olhar, no sorriso, na expressão do circense que ele ama muito o que faz. Que ele se alimenta da alegria e emoção da platéia.

Não importa se você é um blogueiro amador (hobby) ou um blogueiro profissional, você precisa exercer sua função com muito amor, com dedicação e se sentir realizado com os comentários, com um like no Facebook, com um RT no Twitter.

Dica 2 – Cada artista tem o seu talento

Durante o show pude perceber que alguns artistas possuem mais de um talento, mas cada um possui um talento que ele aperfeiçoou com muito treino e dedicação. Em entrevista a afiliada da Rede Globo local, a contorcionista, que tem 18 anos, disse que desde os 4 anos de idade treina muito. Ela não nasceu aperfeiçoada, ela tinha talento e se dedicou ao máximo para se tornar uma grande artista.

Descubra o seu talento. Qual o nicho que você domina? No que você é melhor, em escrever artigos, tutoriais? Em desenvolver a parte gráfica e de design? Encontre seu talento e o aperfeiçoe. Trabalhe duro, treine muito e não espere o sucesso para logo.

Dica 3 – A platéia precisa ter conforto para assistir ao espetáculo até o final

Não importa a qualidade do espetáculo, se você não tiver conforto não conseguirá assistir o show até o final. No circo há uma preocupação para que você fique sentado, confortável e perto do picadeiro.

Você precisa dar conforto ao seu visitante ou ele não lerá seus artigos até o final. Pense no layout. Pense nas cores que são mais agradáveis, no tamanho ideal da letra, na distribuição do conteúdo, na utilização de tags de cabeçalho (h1, h2, h3…). Deixe seu visitante o mais confortável possível.

Dica 4 – O show é feito por todos, inclusive pela platéia

No circo a platéia interage com os artistas durante todo o espetáculo, seja com palmas, gargalhadas e outras expressões. Os artistas sabem dessa importância e chamam a platéia a participar o tempo todo, não deixam ela ficar apenas assistindo. Isso contagia.

Procure levar seus visitantes a participar do show através dos comentários nos artigos, na divulgação no Facebook e outras redes sociais. Não deixe sua platéia excluída do show. Faça ela se sentir importante e também responsável pelo sucesso do projeto.

Dica 5 – A platéia pode subir ao palco

Durante várias partes do show algumas pessoas da platéia foram convidadas a fazer parte do show (inclusive meu irmão, o Ryan Freitas…rs). Foram sempre participações muito espontâneas e engraçadas e que certamente marcaram aquelas pessoas e crianças com uma experiência única em suas vidas.

Convide seus leitores a participar do show, subindo no picadeiro. Abra espaço para Guest Posts e outros meios de publicação de artigos enviados pelos seus leitores. A experiência pode ser muito produtiva tanto para você, como para o autor e seus leitores.

Dica 6 – A equipe de apoio é tão importante quanto os artistas

Durante as apresentações a equipe de apoio estava sempre lá, fazendo a sua parte para que o show fosse um sucesso. Em alguns casos eles até contracenavam, como no caso dos palhaços. Comentei com minha filha que eles precisam de tanto treinamento quanto os artistas, pois se errassem atrapalhariam o espetáculo.

Na grande maioria dos blogs temos uma EUquipe, ou seja, você é o artista e toda a equipe de apoio. Você tem que escrever os artigos e ainda se preocupar com os comentários, layout, divulgação dos artigos e tudo o mais. Treine para isso também, ou o espetáculo pode ser um fracasso.

Dica 7 – Os artistas erram e continuam o show

A perfeição é algo que o ser humano sempre está em busca e com os profissionais não pode ser diferente. O artista está sempre em busca da perfeição, ele treina muito pra isso, mas mesmo assim comete erros.  Mas o show não pode parar e ele precisa terminar a apresentação da melhor maneira possível e com um sorriso no rosto. Depois ele irá rever os passos, saber onde e por que errou e treinar ainda mais para que não aconteça novamente.

Se você errar numa estratégia, numa maneira de agir com seus visitantes, você não pode desistir do blog. Analise o que deu errado e procure se aperfeiçoar ainda mais para evitar esse tipo de erro. Errar é humano, mas devemos buscar sempre uma maneira de minimizar os erros. Se for preciso pedir desculpas aos seus leitores, peça. Esse não será um ato de fraqueza, pelo contrário, somente grandes pessoas conseguem agir dessa maneira.

Dica 8 – Todos vão ao circo e esperam pelos palhaços

Essa é a grande verdade. Já pensou em ir a um circo e não ver um número sequer de palhaços? Seria muito estranho não é mesmo? Por esse motivo eles entram o tempo todo no palco, entre uma apresentação e outra. Vamos ao circo ver os palhaços.

Quem chega a seu blog está em busca do conteúdo central do seu nicho. Você deve ter outros conteúdos, mas nunca se esqueça de, entre um conteúdo e outro, entre um artigo e outro, publicar sobre o conteúdo central de seu nicho. Seus visitantes vão lhe agradecer.

Dica 9 – A propaganda é a alma do negócio

Quando um circo está na cidade (principalmente numa cidade de 140 mil habitantes como Linhares) você fica sabendo rapidamente. Os palhaços estão pelas ruas, na televisão e no rádio é anunciado o “maior espetáculo da terra”. Você não vai ao show por vários motivos, entre eles a falta de dinheiro. Mas nunca deixará de ir por que não sabia que o circo estava na cidade.

Utilize todos os “meios de comunicação” para anunciar seu espetáculo. Utilize o Facebook, o Twitter, o Google+ e qualquer outra rede social que esteja relacionada com seu nicho de atuação. Se faça ouvir e enxergar. Só não vai quem não quiser e todos que forem serão bem vindos.

Dica 10 – Sente na platéia e assista o seu espetáculo

Essa dica não vi ninguém do circo fazendo, mas acredito que eles devem sim ter essa prática.

Sente na platéia, assista seu espetáculo. O que você acha? Valeu a pena pagar a entrada e ficar ali assistindo o show? Se seu blog não agradar a você ele dificilmente agradará a outras pessoas. Peça que outros da platéia emitam uma opinião. O que eles acham que poderia melhorar? É o conceito de “pensar fora da caixa“.

Conclusão

Espero que essas 10 dicas passadas possam lhe ajudar a melhorar ainda mais sua experiência com seu blog e seus leitores. Eu posso lhe dizer que, se não entendeu muita coisa, procure agora mesmo um circo mais próximo de sua casa e vá se divertir com o “maior espetáculo da terra”. Foi o que fiz.

E você, pode acrescentar alguma outra dica para um blog, relacionada ao circo? Vamos lá, pratique a dica 4 e participe do show.

Crédito da imagem: wikipedia

Rate this post

Quer aprender a ganhar dinheiro com Google Adsense em blogs?

Gustavo Freitas

Problogger e empreendedor digital. Criador do Método Start, que ele utiliza para criar blogs de sucesso e ganhar dinheiro na internet.

Website: http://querocriarumblog.com.br/

8 Comentários

  1. Excelente post Gustavo! Dicas preciosas, que só um blogueiro com visão profissional pode nos proporcionar!
    Obrigada!

    • Viviane,

      que bom tê-la aqui no QCB, estamos sentindo falta do toque feminino que você dava ao blog.
      Abraço e obrigado pelo comentário.

  2. Olá Gustavo,

    excelente artigo. Eu gosto muito deste tipo de analogias entre situações do dia a dia e blogs.

    Realmente a sua ida ao circo, além de lúdica, foi inspiradora.

    Eu sou um grande defensor da ideia que é possível arranjar tema para um artigo em qualquer lugar. Este excelente artigo é a prova disso.

    Abraços!

  3. Acrescentar? Creio que já não existe mais o que ser acrescentado. O post está completo! Excelente! E a analogia foi simplesmente bárbara.

    • Mia,
      fico muito grato pelo comentário e espero vê-la novamente aqui pelos comentários do Quero Criar um Blog.
      Abraço.

      • De nada Gustavo,

        este post foi essencial. Preciso arrumar a lona do meu picadeiro =D

Deixe uma resposta